Quinta-feira, 7 de Setembro de 2006

Rio Douro



O Rio Douro, que banha o lado sul da cidade do Porto, nasce em Espanha, na Serra do Urbião.
.
Ao chegar à fronteira portuguesa, corre por cima dela durante alguns quilómetros, para sul, aí confinando as terras de Portugal e Trás-os-Montes com as de Espanha, para depois se voltar de novo para ocidente e atravessar horizontalmente o nosso território, até desaguar em pleno Oceâno Atlântico, na cidade do Porto.

Traçámos a azul, no mapa acima, o seu percurso de setecentos e sessenta e cinco quilómetros, da nascente à foz.

À excepção de pequenos troços, onde a mão do Homem se tem feito sentir, o Douro não é navegável, mercê do lodo, das muitas quedas de água e das suas gargantas profundas.

Ao longo das suas margens existem muitas estações hidro-elétricas.

A vinha é a cultura principal do seu vale, e o estuário do Douro o centro de negócio do seu vinho, denominado "Porto".
publicado por César Portuense às 22:52

link do post | comentar | favorito

.Procurar neste blog

 

.Setembro 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Posts recentes

. Concelhos do Porto

. Rio Douro

. O "ex libris" do Porto

. Douro Litoral

. Quem foi Vímara Peres

.Arquivo

. Setembro 2006

. Agosto 2006